O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 26 de Maio de 2014

É inevitável, mas não deixa de ser preocupante porque redutor.

Uma vez mais, os resultados das eleições estão a ser analisados pela óptica dos partidos e não pela óptica da sociedade civil.

Deste modo, estamos a ver o problema pela sua metade abdicando de o contemplar na sua totalidade.

Em Portugal (e, obviamente, no resto da Europa), temos uma questão política e uma questão cívica.

Muitos não votaram. E muitos dos poucos que votaram optaram por penalizar quem tem exercido o poder: quem tem exercido o poder no presente, quem tem exercido o poder no passado e provavelmente quem se prepara para exercer o poder no futuro.

O poder perdeu e perdeu muito, mas não terá perdido muito para quem tem estado na oposição.

Dá a impressão de que poder e (alguma) oposição perdem para a abstenção e para as forças anti-sistema.

Este é um quadro muito heterogéneo.

Nem todos os abstencionistas e apoiantes dos novos movimentos estão contra a Europa.

Uma grande parte estará contra a política que tem vindo a ser seguida na Europa.

Alguns revêem-se na contestação. Mas que propostas advêm da contestação? Que propõe quem contesta?

O drama da sociedade civil é que fermenta contestação, mas não é capaz de gerar alternativas.

Que surgirá deste impasse?

Antes de cantar vitórias e de atribuir derrotas, pensemos!

publicado por Theosfera às 10:22

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro