O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 30 de Novembro de 2014

No tempo da imagem, é espantoso (embora não totalmente estranho) que as pessoas desatem a fotagrafar-se a si mesmas.

As «selfies» assinalam o triunfo do «eu».

Muito se ouve exaltar a independência. Receio, porém, que se trate da mais sibilina das dependências: a dependência do eu, dos seus interesses, das suas ambições.

Hoje por hoje, a independência goza de um estatuto de superioridade.

Pela minha parte, reconheço-me dependente. Sou totalmente cristodependente!

publicado por Theosfera às 09:01

De Maria da Paz a 30 de Novembro de 2014 às 09:10
Rev.mo Senhor Doutor:
Confio às suas santas orações este pedido: que eu me torne, totalmente, cristodependente.
Afectuosas saudações.
Maria da Paz


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro