O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 11 de Abril de 2014

Tornamo-nos conhecidos por aquilo que mostramos. E permanecemos desconhecidos por aquilo que ocultamos.

A nossa identidade não está só naquilo que se mostra. Está também naquilo que se oculta.

Para conhecer plenamente alguém, seria necessário conhecer cabalmente o seu segredo.

Mas isso é praticamente impossível. Não só pela vontade que se tenha de manter segredos. Mas igualmente pela manifesta impossibilidade de tudo revelar.

Somos sempre mais do que mostramos.

Cada ser humano transporta sempre um pouco de mistério. Para os outros. Para si!

publicado por Theosfera às 13:29

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro