O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 23 de Agosto de 2014

A realidade deve ser vista na totalidade e não (apenas) na parcialidade.

Quando alguém se isola, decreta-se logo que é anti-social. Até poderá ser. Mas o resto da sociedade também não poderá ser anti-pessoal?

Quem estará certo? Quem estará errado?

Em princípio, a resposta é clara. Mas, no meio e no fim, as coisas poderão não ser tão óbvias.

Já dizia Casimiro Brito: «Se os outros me abandonam, é porque devo estar a aproximar-me do essencial». Quem sabe!

E o essencial, estando ao alcance de todos, costuma ser captado apenas por alguns.

Às vezes, ser solidário não impede que se seja condenado a ser solitário!

publicado por Theosfera às 13:06

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro