O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 29 de Junho de 2014

Hoje, 29 de Junho, é dia de S. Pedro. Mas também é dia de S. Paulo.

 

Percebe-se que S. Pedro seja, digamos, mais popular. O Papa é o sucessor de Pedro, bispo da cidade onde Pedro morreu.

 

Mas S. Paulo não é menos importante. E o próprio Pedro apelava para a autoridade de Paulo sobretudo como sistematizador da mensagem de Jesus Cristo.

 

As cartas que escreveu constituem a alavanca primigénia do património doutrinal do Cristianismo.

 

Pedro foi sempre reconhecido como o primeiro dos apóstolos. Mas esta primazia foi sempre exercida como uma emanação do amor.

 

Após a ressurreição, Jesus como que testa o amor do seu discípulo.

 

Isto serve para dizer que a fé é inseparável do amor. E da esperança, aliás.

 

A Igreja sempre se sentiu a respirar por estes dois pulmões.

 

É fundamental reaprender incessantemente a lição que as suas vidas doadas nos oferecem.

publicado por Theosfera às 00:47

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro