O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 19 de Maio de 2015

Para D. Óscar Romero, não havia dúvidas. Um sacerdote existe, antes de mais, para apontar caminhos.

Pode haver quem não goste. Pode haver quem agrida o sacerdote por causa dos caminhos que aponta. Mas, mesmo assim, não pode deixar de os apontar.

E, a propósito, costumava contar uma história.

Um beduíno guiava uma caravana pelo deserto.

As pessoas começaram a desesperar com a sede e a suspirar pela água. De cada vez que procuravam água, o beduíno dizia: «Aí não, ali». E assim se foi passando o tempo. Às tantas, os membros da caravana irritaram-se e mataram o beduíno. Quando este estava a morrer, estendeu a mão e disse pela última vez: «Aí não, ali».

Ou seja, morrer apontando o caminho!

publicado por Theosfera às 11:46

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro