O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 11 de Março de 2015

Não é só o poder que é decidido pela maioria. Muitos comportamentos também são impostos pela maioria.

Num caso, a maioria decide pelo voto. No outro caso, a maioria impõe-se pelo hábito.

O problema é que só muito tarde damos conta do mal.

O poder escolhido por maioria nem sempre responde ao que se deseja. E os comportamentos impostos pela maioria raramente correspondem ao que se espera.

O aviso da Bíblia é, pois, sumamente pertinente: «Não irás atrás da maioria para o mal»(Êx 23, 2).

Aliás, para o mal nem atrás da maioria nem da minoria. Só que poucos reparam no mal que a maioria difunde.

Muitos deliciam-se em ser como a maioria. Mesmo que, muitas vezes, nenhum bem daí advenha!

publicado por Theosfera às 16:00

De Evágrio Pôntico a 12 de Março de 2015 às 11:05
Sr. Padre João, felicito-o por mais um texto que revela sabedoria !

O problema de Portugal reside apenas naqueles que se apoderaram do País e o governam à medida dos seus interesses partidários, para se locupletarem à custa do esforço e das canseiras e inquietações do pobre Povo, que exploram à saciedade !

Fosse essa gente perversa conhecedora das Sagradas Escrituras e temente a Deus, e então teríamos um Portugal mais justo e solidário! Mas tal gente é conduzida pelo diabo! Que se poderá pois esperar deles...?!

Que Nossa Senhora de Fátima nos valha !

De Anónimo a 12 de Março de 2015 às 21:10
A base desta crise está, essencialmente, na ausência de valores e no facto de as pessoas se terem afastado de Deus. Há pessoas que sobrevivem à custa de expedientes e de sugarem dinheiro ao Estado através de meios maquiavélicos.

De Maria da Paz a 23 de Março de 2015 às 01:54
Ex.mo Senhor
Evágrio Pôntico:
Subscrevo inteiramente o que diz V. Ex.ª, assim como o que diz o "Anónimo" que também respondeu ao Rev.mo Senhor Padre Doutor João António, Autor desde "blog".
Apresento os meus cumprimentos.
Maria da Paz


mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro