O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 29 de Junho de 2014

A Selecção queria os oitavos, pensava nos quartos, projectava as meias e sonhava com a final.

Tudo certo, tudo correcto.

Faltou, porém, uma coisa: apostar nos meios para lá chegar.

Não basta ter um óptimo futebolista e um grupo de bons jogadores.

Era fundamental formar uma equipa e colocar a bola no sítio certo.

Admitimos que era isso o que se queria. Mas, infelizmente, não foi isso que se viu.

Talento não falta a Portugal. Talvez tenha faltado tudo o resto.

E é assim que, agora, assistimos ao desfile de selecções que, porventura com menos talento, mostram mais objectividade e maior organização.

Seremos capazes de aprender?

publicado por Theosfera às 08:38

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro