O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

A trajectória de S. Pio X, cuja memória litúrgica ocorre hoje, é uma conjugação maravilhosa entre a proposta e a resposta.

 

A acção de Deus encontrou em José Sarto um acolhimento total. Dotado de natural bondade e proverbial humildade, foi-se disponibilizando para aquilo a que era chamado.

 

Em todos os apelos via sinais de Deus. Sem estudos para lá dos realizados no Seminário diocesano, foi com esapanto que se viu envolvido nas mais altas missões.

 

A eleição papal durou sete longos dias. O eleito foi vetado pelo imperador. A muito custo aceitou a missão, acolhendo-a com uma cruz.

 

Sob o lema instaurar todas as coisas em Cristo, entregou-se sobretudo à formação do clero em todos os sentidos.

 

Nunca pactuou com desvios. Pugnou sempre pela verdade do Evangelho. Deu um grande impulso à liturgia, destacando-se a sua piedade eucarística.

 

Empenhou-se bastante na catequese. O catecismo, que ainda hoje tem o seu nome, é uma referência que muitos continuam a não dispensar.

 

Morreu a 20 de Agosto de 1914. Quando a primeira grande guerra estava a dar os primeiros (e tortuosos) passos.

publicado por Theosfera às 11:52

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro