O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 25 de Agosto de 2014

25 de Agosto é também o dia em que o Chiado ardeu. Foi em 1988.
Nunca mais esqueci esta data porque ela ficou associada ao início do meu estágio pastoral.
Tinha terminado o (per)curso do Seminário, fora ordenado diácono a 13 de Agosto e, logo a seguir, iniciei os trabalhos que me foram cometidos pelo senhor Arcebispo. Um desses trabalhos era ajudar o então Director da Voz de Lamego, Mons. Simão Morais Botelho.
O primeiro trabalho que me pediu foi uma descrição daquele incêndio.
Esta data e aquele evento ficaram, assim, gravados na minha (pobre) memória.

publicado por Theosfera às 07:25

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro