O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 31 de Maio de 2015

Foi há 52 anos. Foi a 31 de Maio de 1963.

Nesse dia, morreu um dos lamecenses mais ilustres: o Dr. Alfredo de Sousa.

Foi deputado, ministro e presidente da câmara.

Muito do que esta cidade é hoje deve-se a ele.

O seu nome aparece numa rua. A sua figura não devia desaparecer da memória.

 

Além da obra, Alfredo de Sousa foi grande pela dignidade, pelo porte, pelo exemplo.

 

Vidas assim não prescrevem. Vidas assim são lições perenes. À espera de serem apre(e)ndidas!

publicado por Theosfera às 00:06

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro