O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 29 de Março de 2015

Enquanto Jesus orava, os Seus amigos dormiam. Enquanto Jesus sofria, muitos dos Seus amigos fugiam.

Acontece que este sono e esta fuga estão longe de ser pretéritos.

Há uma sonolência teimosa e uma fuga persistente, a tentar-nos sempre.

Muitas vezes, andamos sonolentos em relação ao que se passa e a fugir ao que ocorre.

Jesus, hoje, continua a sofrer em tantas pessoas que sofrem. E nós continuamos sonolentos ou, então, a fugir.

O calculismo, os interesses ou a autodefesa justificam muita coisa.

Atenção: a história de Jesus não foi, continua a ser.

O sono e a fuga dos discípulos também não foram, continuam a ser.

Quem está disposto (como Maria, como Madalena, como João e mais alguns) a permanecer até ao fim?

publicado por Theosfera às 20:53

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro