O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 28 de Agosto de 2017

Tempo de contrastes, o nosso.

As pessoas nunca se despiram tanto por fora e, ao mesmo tempo, nunca se despiram tão pouco por dentro.

Há quem só abdique da roupa. E é assim que, com pouca roupa (mas com o telemóvel, o ipad, o gelado e o chapéu), entram na própria Casa de Deus.

É claro que nada disto é por mal. Mas será que alguma coisa disto é bem?

Quando nem a cabeça se descobre diante de Deus, como é que se há-de descobrir a vida?

Há quem chegue e se sente. Nem uma inclinação. Quem se ajoelha hoje diante de Deus?

Deus não impõe. Nós é que deveríamos (auto)exigir.

É tanto o que Ele é que nós só podemos adorá-Lo.

Não esqueçamos os olhos e os ouvidos.

E usemo-los. Para ver e para escutar o nosso bom Deus!

publicado por Theosfera às 15:55

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro