O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2015

A Igreja deve ser atraente ou transparente?

Eis o que pensava (e dizia) o Papa Bento XVI: «Uma Igreja que procura sobretudo ser atraente já estaria num caminho errado, porque a Igreja não trabalha para si, não trabalha para aumentar os próprios números e, assim, o próprio poder. A Igreja está a serviço de um Outro: não serve a si mesma, para ser um corpo forte, mas serve para tornar acessível o anúncio de Jesus Cristo, as grandes verdades e as grandes forças de amor, de reconciliação, que apareceram nesta figura e que provêm sempre da presença de Jesus Cristo. Neste sentido a Igreja não procura tornar-se atraente, mas deve ser transparente para Jesus Cristo e, na medida em que não é para si mesma, como corpo forte, poderosa no mundo, que pretende ter poder, mas faz-se simplesmente voz de um Outro, torna-se realmente transparência para a grande figura de Cristo e para as grandes verdades que ele trouxe à humanidade».

No fundo, a Igreja será atraente se for transparente. Se procurar ser coerente!

publicado por Theosfera às 19:18

De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2015 às 22:09
A Igreja deve ser transparente para os crentes e não crentes para lhes poder dar a conhecer e transmitir a Verdadeira Imagem de Cristo: Um Cristo pleno de Amor e de Justiça para todos, sem excepção. Se o for, certamente que atrairá muita gente para os Caminhos do Senhor, uma vez que os Seus Caminhos são rectilíneos, luminosos, sem subterfúgios. São os únicos Caminhos onde impera a Verdade e a Vida.


mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro