O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 18 de Agosto de 2015

A nossa vida é um permanente balanceamento entre o presente e o futuro, entre a realidade e a esperança.

A realidade tem uma força grande, mas a esperança possui uma força maior.

É claro que não parece, mas a vitória pertence aos que seguem a esperança.

Já dizia o formoso hino «Dies Irae»: «Mors stupebit, et natura, cum resurget creatura» (a morte espantar-se-á — e a natureza — quando ressurgir a criatura).

Habitamos esta esperança e somos conduzidos por esta fé. Até para lá do próprio fim!

publicado por Theosfera às 09:24

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro