O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 22 de Julho de 2016
  1. A experiência mostra que o êxito tende a ser procurado através da acomodação.

Mas a consciência ensina que o verdadeiro êxito só é encontrado depois de muita incomodação.

 

  1. O habitual é aplaudir quem ao mundo se acomoda.

Acontece que Deus dá sinais de aprovar sobretudo quem com o mundo se incomoda.

 

  1. O mundo é o nosso lugar, mas não é a nossa lei.

Jesus foi bem claro: os Seus discípulos estão no mundo, mas não são do mundo (cf. Jo 17, 16).

 

  1. Como entender então que os cristãos olhem para Deus com os olhos do mundo em vez de olharem para o mundo com os olhos de Deus?

O importante não devia ser mudar com o mundo, mas contribuir para mudar o mundo.

 

  1. Se o objectivo da Igreja fosse acomodar-se ao mundo, haveria ídolos, mas não haveria mártires.

Os ídolos são aqueles que o mundo aplaude. Os mártires são aqueles que o mundo condena. São, porém, os condenados pelo mundo que se tornam os vencedores para Deus.

 

  1. Nós veneramos os mártires, mas, frequentemente, optamos por imitar os ídolos.

Isto significa que admiramos os que resistiram ao mundo, mas, na prática, fazemos tudo para não sermos incomodados pelo mundo.

 

  1. Se a lógica dos mártires fosse a acomodação, não teriam sido mortos. Mas alguma vez seriam uma referência?

Os mártires foram mortos por não se acomodarem ao mundo. E tornaram-se uma referência porque se incomodaram com o mundo.

 

  1. Segundo Tácito, os primeiros cristãos foram considerados «culpados e dignos dos piores suplícios» porque não se adaptaram ao mundo em que viviam.

Como nota a Carta a Diogneto, apesar de cidadãos do mundo, os cristãos eram tratados como estranhos ao mundo.

 

  1. Esta recusa da acomodação não pode ser confundida com uma fuga à missão. Pelo contrário, para os cristãos é a diferença que provoca a presença.

Aliás, o seu inconformismo há-de começar por dentro. Nenhum cristão está dispensado da conversão.

 

  1. Se o mundo não está melhor, é talvez porque nós, cristãos, nem sempre temos estado bem. O mundo não melhora quando os cristãos se conformam. O mundo só acorda quando os cristãos despertam.

Uma nova luz se acende quando nenhum cristão se rende!

publicado por Theosfera às 16:06

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro