O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 03 de Novembro de 2011

Alguém estranha que um futebolista jogue, que um escritor escreva, que um cozinheiro cozinhe ou que um cientista passe muito tempo no laboratório?

 

A pergunta é, sem dúvida, despropositada e a resposta será óbvia.

 

Mas se alargarmos o espectro, o panorama parece mudar de feição.

 

Há, de facto, quem estranhe que um crente passe muito tempo a orar.

 

E também não escasseia quem se espante quando, mesmo em democracia, o povo é chamado a pronunciar-se.

 

Pedro Lomba anota, hoje, o seu empedernido espanto: «A Europa tem tão maus hábitos democráticos que entra logo em estado de choque porque um pequeno país quer ir às urnas dizer se aprova um plano preparado pelas inteligências internacionais»!

 

Pertinente, pois, a observação de Ricardo Alves: «Todos os Estados da União Europeia são democracias, mas a União Europeia não é uma democracia».

 

Esta é, de facto, uma carência gritante. Não terá de ser, por isso, uma urgência premente?

publicado por Theosfera às 10:09

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro