O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 28 de Outubro de 2011

Duas frases, aparentemente triviais, podem readquir pertinência acrescida nestes tempos de penumbra.

 

Uma é de Zubiri: «Viver é optar».

 

Esta é, de facto, a hora de mostrar de que lado estamos.

 

Não se pode ser neutral quando há tanta gente a sofrer. Nem a neutralidade activa e operante de Gramsci é suficiente. Urge escolher um lado. E para quem possui um mínimo de consciência cívica só pode ser o lado dos pobres, dos esbulhados nas suas expectativas, dos sacrificados nas suas legítimas aspirações.

 

Bergson disse também algo óbvio: «Escolher é excluir».

 

O lado do poder será insinuante. Há que respeitar quem o exerce. Mas, independentemente de quem o detém, a nossa consciência deverá levar-nos a optar pelas vítimas do poder.

 

Já há dor a mais no nosso país!

publicado por Theosfera às 23:09

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15

18
19
21
22

23
24



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro