O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 27 de Setembro de 2011

Benjamin Franklin perguntou: «Se os homens são assim tão maus apesar da religião, como seriam eles sem ela?»

 

Confesso que não sei responder. Alguém sabe?

 

Há pessoas sem religião que são de uma correcção extrema, de uma conduta irrepreensível e de uma bondade imensa. Também há pessoas sem religião que cometem grandes delitos.

 

Há pessoas religiosas capazes dos maiores gestos de amor. Mas também há pessoas religiosas que não se coíbem de praticar os piores crimes. De os praticar e, mais grave, de os justificar.

 

Até parece que, em muitos casos, a religião funciona como uma «almofada» que dá para tudo.

 

Para concluir, Deus não está presente apenas na religião. Às vezes, até pode estar «oprimido» em muitas atitudes religiosas.

 

Deus não tem fronteiras. Se Ele está presente na religião, alguém pode garantir que esteja ausente fora da religião?

 

Em relação a Deus, há muitos que se presumem perto e, de facto, estão longe. E pode haver muitos que, julgando-se longe, acabam por estar mais perto.

 

Se há bondade, verdade e generosidade, há uma respiração divina.

 

É aí, no amor repartido e na paz construída, que a atmosfera se converte numa permanente teosfera!

publicado por Theosfera às 10:52

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro