O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 25 de Setembro de 2011

É importante ser assertivo. É arriscado ser definitivo.

 

Diria que é preciso ter um conhecimento sobre-humano para dizer que «ninguém sai da política com as mãos limpas».

 

Só quem tem um conhecimento de todos os intervenientes na acção política está em condições de fazer uma avaliação global.

 

Com o maior respeito por quem proferiu estas afirmações, sei que há muita gente que entra e sai da política com as mãos limpas. Há quem não corrompa nem se deixe corromper. Há quem prime pela coerência. Há quem seja desprendido.

 

Há que evitar generalizações. Até porque não falta quem olhe para a Igreja com um olhar semelhante. Semelhantemente devastador.

 

Quanto à imagem em si, eu diria que talvez até seja bom sujar as mãos. É o que acontece a quem trabalha. Não há nenhum desprimor nisso.

 

Às vezes, é mesmo desejável sujar as mãos. Fundamental é manter limpo o coração!

publicado por Theosfera às 23:19

De Maria da Paz a 26 de Setembro de 2011 às 23:58


Perfeitamente de acordo, Rev.mo Senhor Doutor.
«... sujar as mãos e manter limpo o coração» - eis o que é mesmo preciso, imprecindível!
Muito obrigada pela ajuda na reflexão.
Muito obrigada por esta "cátedra": com o selo da gatuidade, da abundância e da Sabedoria que nos vem de Deus. Como o Sol que nos ilumina e que todos os dias se renova.
Afectuosamente,
Maria da paz


mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro