O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 17 de Setembro de 2011

Admiro muito a pessoa e a obra de Joseph Ratzinger, hoje Papa Bento XVI. A sua palavra é penetrante e a sua obra fulgurante.

 

Mas, com todo o respeito, não me revejo quando fala do «eclipse» de Deus na sociedade.

 

Quem pode estar a atravessar um certo eclipse é a Igreja, que nem sempre consegue deixar transparecer Deus-amor, bondade e paz.

 

No íntimo de cada pessoa, continua a haver uma procura, uma sede, um encontro.

 

Creio na presença de Deus no Homem. Não creio no Seu eclipse.

publicado por Theosfera às 06:04

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro