O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 09 de Setembro de 2011

Tudo é excessivo, hoje. E obsessivo. A informação não foge à regra.

 

Até Domingo, as televisões massacram-nos com imagens do 11 de Setembro tentando, com uma miríade de intervenções, o impossível: encontrar uma justificação consistente para o que aconteceu e lobrigar uma certeza quanto ao que pode acontecer.

Nada, porém, justifica um acto daqueles. E, quanto ao futuro, é a neblina total.

 

Enquanto fizermos o mesmo, poderemos esperar resultados diferentes?

publicado por Theosfera às 13:38

De Evágrio Pôntico a 10 de Setembro de 2011 às 02:29
Estimado Sr. Padre João,
para alem de, como diz, se pretender encontrar uma justificação, o que parece de todo impossível, penso que a angústia de muitos americanos informados é o de saber se a causa do ocorrido (não lhe chamo atentado, propositadamente) foi, digamos assim, exógena (como o governo dos USA, e os media afectos, pretendem fazer crer) ou endógena...

Parece haver fortes indícios (provas, mesmo...) de que o que ocorreu foi uma implosão, e não uma explosão provocada por factores externos...

Eis o verdadeiro busílis da questão... E como, ao que se vê, em politica vale tudo, até o mais sórdido e inimaginável, onde está a verdade nesse horror das torres-gémeas...?

Que Deus nos livre de políticos ávidos de poder (filocratas?) e de dinheiro, dominados pela luxúria e pela cega ambição...! São filhos do demónio! Mas o mundo precisa de filhos de Deus, de testemunhas vivas de Cristo!
Santo Domingo e um abraço em Jesus, Nosso Senhor!

De António a 10 de Setembro de 2011 às 11:59
Ontem vi na tv um programa sobre o 11 de Setembro e constatei que a monstruosidade humana não tem limites. Seja por parte dos terroristas dos atentados, seja dos próprios governantes americanos. A frieza com que admitiram abater um avião comercial com passageiros inocentes, e a maioria certamente dos Estados Unidos,ainda com que o propósito de evitar " danos colaterais", é absolutamente arrepiante.

De Theosfera a 10 de Setembro de 2011 às 14:13
Concordo inteiramente, bom Amigo. Fala-se muito contra o relativismo e esquece-se que o mal está na falta de um certo relativismo. A violência está a generalizar-se, não a relativizar-se. Muito obrigado. Abraço amigo no Senhor.


mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro