O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 25 de Agosto de 2011

Há muitos mitos que se põem a correr. À força da repetição presumimos que de verdades se trata.

 

Um desses mitos é que somos um povo ordeiro, não violento.

 

É claro que não haverá focos de guerra como noutras latitudes.

 

Mas é preciso olhar para a realidade.

 

Fixemo-nos nas últimas duas centúrias.

 

A revolução liberal, no século XIX, foi marcada por cinco décadas de violência.

 

Violência foi também o que houve na Primeira República.

 

Agora, não teremos uma guerra militar, nem uma guerra civil.

 

Mas há sinais de uma guerra social.

 

O Primeiro-Ministro, aliás, já pediu aos portugueses para que não enveredem pela revolta.

 

Só que não podemos olhar apenas para quem a pratica. Temos de olhar igualmente para quem a provoca.

 

O que vem de outros países deve servir-nos de alerta.

publicado por Theosfera às 18:35

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

16
17
18
19
20

21



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro