O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 22 de Agosto de 2011

Há uma demissão cada vez maior na transmissão de valores e de comportamentos.

 

Acontece que esta demissão a montante depressa se transforma num sofrimento a jusante.

 

Isto é, mutatis mutandis, como quem chega a um trabalho novo. É preciso haver quem explique as normas, os horários, os objectivos. Se isto não for dito, não há ordem, não há produtividade. Todos perdem.

 

Ora, a sociedade está a demitir-se de mostrar, a quem a ela chega, quais os valores e princípios por que se rege.

 

Isto não contende com a liberdade. Isto é o que dá expressão e conteúdo à liberdade.

 

Alguém acha que a liberdade existe, por exemplo, sem respeito?

 

A liberdade não pode ser confundida com a ausência de lei. Ela é, pelo contrário, o melhor espaço para o acolhimento das leis.

 

Bem dizia Simone de Beauvoir: «O homem é livre, mas ele encontra a lei na sua própria liberdade».

 

Sucede que desleixamos este trabalho e confiamos demasiado numa assimilação inata.

 

Só que a inércia não funciona.

 

Se não oferecemos os valores em que acreditamos, arriscamo-nos a sofrer os efeitos da sua violação.

 

Se a sociedade não diz o que quer, pode receber (em troca) o que não quer.

 

publicado por Theosfera às 11:17

De Maria da Paz a 22 de Agosto de 2011 às 14:45

O nosso Povo usa a expressão "verdades como punhos", para exprimir o que não tem refutação possível. Uso-a eu também aqui, para agradecer, Rev.mo Senhor Doutor, este "post". Oxalá muitos o lessem. Muitos, mesmo!
Peço licença para o enviar aos meus Amigos.
Afectuosso abraço.
Maria da Paz


mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

16
17
18
19
20

21



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro