O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 04 de Agosto de 2011

 

Kant enunciou o princípio fundamental para a convivência humana: age de tal maneira que o teu agir possa ser erigido em princípio universal.

 

Mas não se limitou a enunciar. Procurou cumprir. Do seu bolso pagava pensões mensais a familiares e outras pessoas carenciadas.

 

Numa altura em que o Estado mostra ter cada vez menos capacidade para atender as necessidades dos mais desfavorecidos, tem de ser a sociedade civil a intervir de uma forma mais articulada.

 

Para que aqueles que têm menos possam ter um pouco mais, os que têm mais têm de aceitar ter um pouco menos.

 

Em vez de investir no lazer (legítimo, aliás), é preciso investir na partilha, na solidariedade.

 

O que Kant disse e o que Kant fez adquirem, dois séculos depois, uma inesperada actualidade.

publicado por Theosfera às 19:08

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

16
17
18
19
20

21



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro