O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 22 de Julho de 2011

«Nasci na religião cristã, fui baptizada, levada à catequese, lia na missa... Mas tudo o que conheci durante esse percurso não foi amor nem justiça: a maioria das pessoas na minha igreja regia tudo pelos seus "conhecimentos", a catequese era mais uma competição de "quem sabe mais, quem reza mais e melhor e quem vai mais vezes à missa?" (não sejamos hipócritas, eu estava incluída nesse grupo, tal como os outros eu queria sempre parecer a "melhor").

Tornei-me ateia aos 13 anos e, estranhamente, isso fez de mim uma pessoa muito melhor, com sentimentos bem mais cristãos. Só este ano voltei à prática da religião, estou mais informada e bastante feliz. A mim, foi-me necessário este percurso para servir melhor a Deus».

publicado por Theosfera às 16:19

De Maria da Paz a 23 de Julho de 2011 às 08:51
Rev.mo Senhor Doutor:
Procuro compreender a jovem Cláudia!
Penso que ela passou por uma purificação e agora é uma Cristã muito mais consciente.
O mesmo sucedeu comigo: várias aspectos me chocaram na minha Igreja, na minha religião.
Penso que o nosso caminho para Deus tem muitos episódios, muitas "voltas" e é um percurso "pessoal e intransmissível". Cada um de nós é único na sua caminhada.
Mas, apesar de tudo, creio que, no meu caso ( quem sabe se no caso de Cláudia...) foi essa base de educação religiosa na família e a catequese, na igreja, que nos deram os alicerces para o "retorno", para a retoma do Caminho , da Verdade e da Vida: o reencontro com Deus.
Afectuosamente,
Maria da Paz

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro