O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 14 de Julho de 2011

Lembrei-me de Tertuliano (ou, melhor, da reacção a uma frase de Tertuliano) ao ler uma passagem de Pacheco Pereira.

 

Disseram muitos que o «vede como eles (os cristãos) se amam» fez mais pela difusão do Cristianismo do que todos os sermões e tratados.

 

Pacheco Pereira afiança que Maria José Nogueira Pinto «fez mais pela fé em que acreditava do que uma Igreja inteira».

 

Haverá, seguramente, algum exagero. Mas o argumento é irrefutável: «O valor da propaganda pelo exemplo (...) é o mais poderoso de todos».

 

Já dizia Albert Schweitzer que «o exemplo não é a melhor maneira de convencer os outros; é a única».

 

O exemplo é a transmissão em forma de vida.

 

O melhor argumento não é, de facto, aquele que demonstra que o outro está errado ou o que insta, ameaçando, a que outros nos sigam.

 

O melhor argumento é o que, no limite, dispensa qualquer palavra. É o que se contenta em apelar para a vida.

publicado por Theosfera às 10:38

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro