O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 07 de Julho de 2011

Foi o teólogo Andrés Torres Queiruga que disse, pensando em Cristo, que a morte é a última cátedra. Dela vem a maior (e também a mais dura) lição.

 

A insistente pertinácia de Maria José Nogueira Pinto é, de facto, um enorme ensinamento.

 

Há quem desista cedo. E há quem resista até (muito) tarde.

 

Há quem tenha medo da vida. E há quem não tenha receio nem da própria morte.

 

Confesso que é preciso ter uma força muito grande e uma fé muito intensa para escrever um texto como aquele que ela escreveu à beira da morte.

 

Faz uma síntese do seu percurso pela vida. O Senhor foi «sempre o seu pastor e por isso nada lhe faltou, mesmo quando tudo faltava».

 

Num momento em que, apesar de confiar no melhor, esperava o pior, consegue mostrar uma nobreza de sentimentos que não está ao alcance de qualquer um.

 

Tinha um temperamento combativo. Mas, coisa estranha, conseguiu ser consensual na morte quem nunca quis ser consensual durante a vida.

publicado por Theosfera às 20:54

De António a 7 de Julho de 2011 às 23:07
A minha profunda Admiração pela Coragem de Maria José Nogueira Pinto. É raro ver-se alguém tão convicta, determinada e confiante em Deus. Que descanse em Paz.

De Maria da Paz a 8 de Julho de 2011 às 00:04


É um exemplo!
Maria da Paz


mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro