O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 23 de Junho de 2011

De certa forma, esta é uma celebração redundante. Intencionalmente redundante, porém.

 

Todos os dias são dias eucarísticos. Hoje, contudo, é um dia eucarístico de modo mais intenso, mais enfático, mais envolvente e interpelativo.

 

O aniversário litúrgico da instituição da Eucaristia é, por antonomásia, a Quinta-Feira Santa. Sucede que, nesse dia, a sombra da Cruz já se projecta sobre a Igreja pelo que os cristãos não conseguem expressar todo o seu júbilo por este dom inefável.

 

Daí que tenha aparecido esta solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo. Apareceu no século XIII para responder a uma necessidade ínsita no coração dos fiéis.

 

Por conseguinte, hoje a Eucaristia é não só para celebrar (na mesa da Palavra e do Pão), mas também para aclamar (com o cortejo processional pelas ruas das nossas terras) e para adorar (na bênção final).

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro