O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

 

Se estivermos atentos, Bento XVI já não fala tanto de secularização da sociedade como de auto-secularização da Igreja.
 
No limite, os papéis parecem trocados. Tanto encontramos sociólogos a aludir ao regresso de Deus como teólogos (e hierarcas) a divagar sobre o eclipse de Deus.
 
Será que, como anotava alguém há anos, corremos o risco de ter uma Igreja secularizada no meio de uma sociedade cada vez mais aberta e sensível ao espiritual?
 
Importa, como é óbvio, não generalizar nem entrar em pânico. Mas convém igualmente que não passemos ao lado dos sinais que nos vão chegando.
publicado por Theosfera às 20:47

De António a 16 de Outubro de 2009 às 22:38
A minha querida mulher é ateia mas revelou-me que gostaria imenso de acreditar em Deus. Curiosamente ou não, quando adolescente, pensou em ingressar na vida monástica. Exigente como a conheço e de uma enorme coerência comportamental, bem percebo que, se algum dia viesse a crer em Deus, seria a mais convicta das crentes. Quando tive a minha crise de fé, ela temeu que eu me tornasse agnóstico ou ateu e desejou veementemente que me mantivesse crente. Quando lhe comuniquei que me mantinha crente e com a minha crença reforçada numa mais aprimorada concepção de Deus, ficou feliz. Apesar do seu ateísmo, também se me revelou cristã, no exacto e restrito sentido que se afirma rever na Doutrina de Cristo. Eu acho que estes tempos de agitação, no domínio da religiosidade e da espiritualidade, vão ser muito fecundos. Não julgo que se deva falar de crise, mas de dialéctica. Nós, os humanos, é que estamos muito mal habituados à dialéctica e, valha a verdade, à Democracia. Penso sinceramente que, se Bento XVI olhar para esta realidade, de enorme controvérsia, a que alude, com outro olhar, veria Cristo a dizer-lhe. "Eu vim trazer a espada, não a Paz". Ou seja, como sabemos, Cristo veio para erradicar os dois maiores inimigos do Bem e os maiores aliados do Mal: A Intolerância e o Preconceito. E já agora: a falta de Humildade para o reconhecimento dos próprios erros...


mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro