O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 09 de Junho de 2011

O conceito de inteligência tem que ver, antes de mais, com leitura. Inteligente é o que sabe ler, é o que lê dentro, é o que desce à profundidade.

 

A leitura não se reduz ao livro. Há um movimento que vem da vida para o livro e que vai do livro para a vida.

 

Promover a leitura não é, pois, estacionar no texto. É também integrar-se no contexto que o motiva e que o recria constantemente.

 

O livro mais conseguido não é o de papel. As palavras, dizendo muito, nunca revelam tudo.

 

É por isso que o autor inicia o livro. Cada leitor fica com a missão de o continuar.

 

Vale sempre a pena revisitar um livro. Ele pode ser o mesmo, mas é sempre possível encontrar nele algo de novo.

 

Há livros que dão vida. Há vidas que dão livros.

 

Para escrever é necessário possuir talento. Mas é mais importante ter alma.

 

É por isso que muitos dos melhores livros nem sequer foram escritos em papel. Mas foram inscritos na vida. 

 

A grande lição dos livros é que, geralmente, as histórias acabam bem. Ora, isto é um convite.

 

Se nos livros tudo acaba bem, será impossível que na vida tudo termine bem?

 

Afinal, quem escreve livros são pessoas. Se as pessoas conseguem encaminhar tudo para o bem nos livros, não deixarão de fazer o mesmo na vida.

 

Esta noite, houve uma sessão de leitura no Colégio da Imaculada Conceição.

 

Dos grandes leituras d'ouro para os pequenos é o título da obra.  

 

Os textos foram escritos pelos mais crescidos e foram declamados pelos que estão a crescer.

 

Sentia-se uma osmose entre o livro e a vida, entre o sonho e a realidade, entre a tarde e a manhã, entre o presente e o futuro.

 

Os que leram já vão escrevendo. A sua alma é um livro aberto. Com palavras soltas. Que brotam de um coração puro. E de um olhar límpido e transparente.

 

Parabéns pela iniciativa.

 

Afinal, a humanidade é, toda ela, um enorme livro. Sem ponto final.

publicado por Theosfera às 09:56

De Cristina a 9 de Junho de 2011 às 09:19
Muito Obrigado Padre João por nos acompanhar todos os dias na árdua tarefa de educar e formar cidadãos para o mundo. Bem-haja.

De Theosfera a 9 de Junho de 2011 às 09:42
Eu é que agradeço, Dra. Cristina. Muita paz no Senhor. As maiores felicidades. Abraço amigo.


mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

18




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro