O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 23 de Maio de 2011

Pode parecer estranho que um homem da imagem se recuse a apresentar a sua.

 

Mas o realizador Terrence Malick tem uma explicação: a sua obra já fala por ele, não é necessário que ele fale.

 

Em Cannes voltou a não aparecer apesar de ter vencido o prémio de realização.

 

Diz quem o conhece que é um tímido incorrigível e que se trata de alguém genuinamente humilde.

 

Eu sou tentado a dizer que este é um acontecimento mais relevante que o próprio festival.

 

Estamos num tempo e vivemos num mundo em que muitos se atropelam para aparecer.

 

Entre nós, temos alguém semelhante a Malick.

 

Herberto Hélder (para alguns, o maior poeta português vivo) recusa-se não só a aparecer, como tem recusado todos os prémios que lhe atribuem, inclusive o célebre Prémio Pessoa.

 

António Ramos Rosa, outro nome importante, também sempre se destacou por uma obscuridade voluntária que acaba por melhor fazer sobressair a sua obra.

 

Sto. António de Lisboa, mestre da oratória, apelava ao silêncio das palavras e à eloquência das obras: «Cessem as palavras e falem as obras, de palavras estamos cheios e de obras vazios».

 

Não diabolizo a informação e a publicitação dos acontecimentos. Mas entedia-me o frenesim mediático em que, actualmente, se vive.

 

E não há dúvida de que a melhor palavra não é a que sai dos lábios. É a que brota da vida. 

publicado por Theosfera às 10:36

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro