O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 20 de Maio de 2011

As atitudes são mais reveladoras que os actos.

 

É muito desolador saber que um responsável governativo se mostra mais preocupado com o número de consultas do que com a saúde dos cidadãos.

 

Terá sido um deslize comunicacional da parte de alguém que até costuma destacar-se pela sua ponderação.

 

Mas não deixa de ser um sintoma do desnorte em que nos encontramos.

 

Afinal, as pessoas estão subordinadas ao dinheiro e não o contrário.

 

Às vezes, penso que o melhor serviço que um governo podia prestar ao país era afastar-se da gestão de muitas áreas. Tanto mais que, na sociedade civil, há quem dê mostras de maior competência e sensibilidade.

 

Não se entende que, com tantas pessoas carentes de necessidades de vária ordem, haja cada vez menos médicos. E que em vez de estimular o estudo da Medicina, se opte por contratar médicos estrangeiros.

 

É tudo muito labiríntico, quase non-sense.

 

Nesta altura, há quem ponha o enfoque na existência de determinados ministérios.

 

Haver um ministério da agricultura é sinal da importância da agricultura. Haver um ministério da cultura é sinal da importância da cultura. Haver um ministério da saúde é sinal da importância da saúde. 

 

Mas, na prática, que efeitos tem essa importância institucional?

 

Parece que tudo se resume a uma vontade infrene que tudo controlar, de sufocar as energias que vão resistindo.

publicado por Theosfera às 11:38

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro