O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 17 de Maio de 2011

Há muitos cristãos que lêem textos e frequentam centros das religiões orientais. Não, necessariamente, para se tornarem hindus ou budistas, mas para se reencontrarem como cristãos.

 

Ali deparam, especialmente, com dois valores fundamentais, que reconhecem serem também os de Jesus: a paz no interior e a compaixão para com os outros.

 

Ora, isto revela um potencial enorme, mas que, por vezes, teima em continuar inexplorado pela vertigem descaracterizadora em que, não raramente, nos deixamos atolar.

 

Por outro lado, esta osmose inter-religiosa atesta que no diferente poderemos reencontrar a nossa identidade: como pessoas e como crentes.

 

No fundo, é sempre possível aprender com os outros a sermos nós próprios.

 

Não há problema nenhum em mudar. Se todo o mundo é composto de mudança, a religião não deixará de mudar. Sobretudo quando a mudança nos reencaminhar para o melhor de nós mesmos e das nossas raízes.

publicado por Theosfera às 23:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro