O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 09 de Maio de 2011

Mudar parece ser a palavra trazida para o centro do debate político.

 

O uso desta palavra revela, pois, determinação mas não isenta de alguns perigos.

 

Decidida a mudança a partir do exterior e interiorizada a austeridade que ela acarreta, uma preocupação avulta aos olhos do cidadão. Este quer saber quem se mostra disposto a seguir estritamente os seus ditames e quem se revela disponível para atenuar os seus efeitos.

 

Nesta altura, é a incerteza a predominar e o receio a prevalecer.

 

Quem for mais convincente, e não quem parecer mais convencido, triunfará.

 

Diante deste cenário, era importante que houvesse um reforço da pedagogia democrática e que uma réstia de bom senso não desaparecesse.

 

Se três partidos assinaram o acordo com a troika, é porque se revêem nele. Era bom, por isso, que não excluíssem pontes para um entendimento futuro.

 

A crispação nunca ajuda. E, desta vez, pode prejudicar muito. 

publicado por Theosfera às 10:20

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro