O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 07 de Maio de 2011

A ajuda exterior é, antes de mais, por causa das contas. Seria bom que ela viesse, sobretudo, por causa das pessoas.

 

Era bom que os nossos parceiros não nos ajudassem apenas a reduzir o défice. O importante era que nos ajudassem a erradicar a pobreza.

 

Precisávamos de um programa que, desde logo, reagisse à emergência social que estamos a viver. E que se lançasse uma acção que promovesse a instalação de empresas, promovendo o trabalho e combatendo assim o desemprego.

 

Esta ajuda dificilmente chegará aos mais pobres. Pelo contrário, tudo indica que ela vai prejudicar, ainda mais, a vida dos mais desfavorecidos.

 

Com as medidas que se anunciam (corte nos abonos de família, aumento do desemprego, agravamento do custo de vida, redução dos salários e das pensões), os mais pobres vão ter problemas acrescidos.

 

O auxílio monetário é bem-vindo. Mas seria bom que os mais pobres sentissem esse apoio. Acontece que não é isso o que se perfila.

 

Uma intervenção humanitária era bem mais necessária.

 

Estamos num mundo que é uma aldeia cujo dono é o capital.

 

O capital só olha para o capital. Os que o têm triunfam. Os que não lhe conseguem chegar vão definhando.

 

Até quando?

publicado por Theosfera às 20:49

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro