O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 20 de Abril de 2011

A fé não é só o lugar das respostas. Também pode ser o espaço das perguntas.

 

Ela acolhe não tanto quem sabe, mas quem procura, quem não desiste de procurar.

 

Mesmo quando nos capacitamos de que é pouco (ou quase nada) o que sabemos, a percepção continua a ser estimulante.

 

É que o não-saber é o primeiro saber. É o saber árquico, primordial. É ele que nos permite ter acesso a todo o outro tipo de saber. Sem o não-saber não há qualquer outro saber.

 

Os últimos tempos têm feito chover, em catadupa, perguntas sobre Jesus.

 

Onde terá estado nos 17 anos da vida privada? Em Nazaré? No Egipto? Na Índia? No Tibete? O relatório de Nicolas Notovitch, a partir de uma investigação no mosteiro budista de Himis, é muito insinuante.

 

Santo Issah (o nome dado a Jesus) era uma figura venerada pelos budistas. Como o era pelos muçulmanos.

 

Os manuscritos de Qumran, os textos de Nag Hammadi e outros vieram levantar muitas interrogações. Mostram que, desde sempre, houve uma curiosidade imensa em torno de Jesus.

 

Mesmo esta discussão em torno da data da Última Ceia não deixa de ser interpelante. Trata-se de um físico que se lança neste esforço.

 

O mais importante é a profundidade da mensagem e o alcance dos gestos.

 

De todos os pontos é possível ver Jesus. Nenhum nos desaponta.

publicado por Theosfera às 13:55

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro