O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 16 de Abril de 2011

A economia da Suécia está a crescer mais de 4%. E os impostos estão a baixar.

 

É um país com um território muito maior que o nosso, mas com uma população ainda inferior à nossa.

 

Se eles conseguem, porque é que nós desconseguimos? 

publicado por Theosfera às 11:44

De francisco a 16 de Abril de 2011 às 14:35
É o petróleo do mar do norte que permite aos suecos não depender da factura energética e isto reverte em benefícios fiscais e uma boa prestação social na educação e saúde.
As novas tecnologias na área energética permitirá a curto prazo reverter a dependência nacional, quer na habitação quer nos transportes.Isto resultará em benefícios incalculáveis no bolso do contribuinte, na qualidade do ambiente e inevitavelmente acarretará alguns inconvenientes para algumas empresas paralelamente.Assistir-se-á a um aumento considerável do nº de empresas dedicadas á inovação de alguns produtos (espero que não entreguem de bandeja estes recursos ao exterior),a criação de inúmeros postos de trabalho a estas áreas ligados e colocar a questão de exportar estas tecnologias para os PALOP desenvolvendo então o comércio e industria em níveis nunca antes conseguidos.É uma janela para o futuro que importa abrir e para tal será apenas necessário haver consenso no investimento empresarial.
Cumprimentos.

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro