O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 29 de Março de 2011

Na hora de falar, quase ninguém se engasga. O problema é que, no momento de agir, todos parecem bloquear. Incluindo os que falavam com mais fluência.

 

Quem vê e ouve pensadores, analistas, professores ou até circunstantes, fica com a impressão de que os males estão identificados e as soluções encontradas.

 

Há, pois, qualquer coisa que falha na transição para o plano do agir.

 

E dá-se até o caso de as palavras apressadas terem um efeito cada vez mais performativo. O que por aqui se grita tem logo consequências. Basta olhar para os juros da dívida, sempre a subir ao ritmo das intervenções e das entrevistas.

 

Somos todos especialistas do instantâneo a que falta sempre um golpe de asa na hora da verdade.

 

Nem precisamos de livros ou de grandes estudos. Na própria rua, no decurso de uma fugaz conversa, somos capazes de debitar um cardápio de medidas que trariam a salvação.

 

Não alongamos o raciocínio, porque confiamos na intuição que o momento faz vir aos lábios.

 

É por isso que, com a mesma intensidade que há poucos anos perorávamos contra a ditadura da maioria, hoje verberamos os governos minoritários.

 

Tudo parece ser como no futebol. Quando não se ganha, ralha-se.

 

O mal é que se perdem energias que poderiam ser alocadas no essencial.

 

E o essencial é um país onde nem trabalhar se consegue.

 

Andamos todos com vontade de lobrigar uma nesga do sol. E é só temporal a cair-nos em cima.

 

Amanhã será melhor?

publicado por Theosfera às 10:57

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

13
19

20



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro