O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 28 de Março de 2011

Um teólogo, diz Olegario González de Cardedal, tem de aliar a complexidade da inteligência à simplicidade do coração.

 

Soube que acaba de morrer um pensador profundo, adornado por um coração sensível.

 

Morreu, enfim, uma voz livre e um coração bom.

 

Joseph Comblin nasceu na Bélgica, em 1923, e, após a ordenação sacerdotal, foi para o Brasil.

 

Não se limitou a esmolar os pobres. Identificou-se com eles.

 

Foi assessor de D. Hélder Câmara e sistematizou um pensamento teológico articulado em torno da libertação.

 

Não pairava sobre a realidade. Envolvia-se nela e optava.

 

Morreu ontem, de repente, quando estava a dar um curso.

 

É com pena que vemos partir mais uma referência de alto gabarito numa altura em que também a Teologia parece ferida por algum conformismo.

 

O medo ameaça bloquear alguns intentos renovadores.

 

Que o exemplo do Padre Comblin faça florescer uma nova primavera na Teologia.

 

Que ela nunca se demita de ser saudavelmente crítica e profeticamente incómoda.

 

Só assim será uma Teologia cristã.

publicado por Theosfera às 10:31

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

13
19

20



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro