O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 17 de Fevereiro de 2011

É sabido que o politicamente correcto é uma tentação que menoriza a singularidade de cada um. Mas a pulsão pelo politicamente incorrecto também pode fazer esmorecer a apreensão da realidade.

 

Há quem goste de ser diferente. Mas, a montante e a jusante disso, encontra-se a necessidade de ser autêntico.

 

Dei comigo, hoje, a ler textos que se demarcam do consenso (praticamente) planetário em torno da revolução do Egipto. E, com um zelo inopinado, não falta mesmo quem aponte virtudes ao deposto ditador.

 

Antecipa-se já o fracasso inevitável do futuro do Egipto.

 

Andamos cheios de pressa. Porquê não esperar pelo decurso dos factos? Porquê julgar antes de apreender?

 

É certo que tudo pode correr mal. Mas porque não aguardar pelos acontecimentos? Será que o bem não pode ocorrer?

publicado por Theosfera às 15:43

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro