O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 09 de Fevereiro de 2011

Urias é um dos personagens bíblicos cuja história constitui uma referência imorredoura para um determinado tipo de conduta.

 

Nunca falta quem mande os outros para o combate.

 

Por um imperativo de dever, eles vão. Eles dão-se e expõem-se a toda a sorte de perigos.

 

Vão não para defender algo seu. Vão para dar a vida, se for esse o caso, por aqueles que os mandam para o combate, os quais, por sinal, ficam em casa.

 

Estes, como se não bastasse, apropriam-se do que pertence ao pobre combatente.

 

Mas a perfídia não fica por aqui. A ordem é para que Urias vá para a frente do combate. Para triunfar? Não. Para morrer.

 

É com alívio que os chefes tomam conhecimento do desfecho. Mas também não há notícia de que os seus próximos o tenham chorado. Urias era (é?) mesmo para descartar, para eliminar, para esquecer.

 

Os grandes deste mundo não descansam enquanto não eliminarem os pobres urias desta vida.

publicado por Theosfera às 10:40

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro