O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 29 de Janeiro de 2011

Há muitas aspirações na sociedade. Acontece que essas aspirações parecem parcelares. São aspirações que se atropelam, se sobrepõem e se anulam. São aspirações que colocam pessoas e grupos longe uns dos outros e até uns contra os outros.

 

As apirações dos políticos parecem distantes das aspirações dos cidadãos.

 

As aspirações dos gestores parecem distantes das aspirações dos trabalhadores.

 

As aspirações de uns trabalhadores parecem distantes das aspirações de outros trabalhadores.

 

Isto é visível particularmente nas greves e nas manifestações. Nestas, é raro encontrar ecos de apoio fora do âmbito de quem promove as greves e as manifestações.

 

Andamos atomizados, deslaçados. Sobram aspirações corporativas. Falta um desígnio nacional, um rumo colectivo, um sentido comum.

 

Ainda estamos a tempo de nos reencontrarmos como povo?

publicado por Theosfera às 20:42

De Maria da Paz a 29 de Janeiro de 2011 às 21:36
Pertinente a pergunta de V. Rev.ª
Pertinente todo o post "!
deus nos acuda!
Maria da Paz

De Theosfera a 29 de Janeiro de 2011 às 22:20
Ex.ma Senhora Dra, obrigado pela visita; vamos recorrendo aos últimos suplementos de esperança que nos restam. Muita paz no Senhor abraço amigo.


mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro