O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 15 de Janeiro de 2011

Na hora que passa, andamos todos esmagados pelo estado das finanças e deprimidos com o desempenho da economia.

 

Habermas e Edgar Morin já nos alertaram para o perigo do condicionamento da política pela economia.

 

Eric Hanushek esteve recentemente em Portugal e diz o óbvio: «O factor mais importante para o crescimento económico é a educação».

 

O problema é que, entre nós, a educação reproduz o estado do país em vez de alavancar a mudança necessária.

 

O caminho terá de passar por uma destutelização do ensino relativamente ao Estado.

 

«É errado pensar que um governo central possa gerir todas as escolas».

 

Mas convencer os nossos governantes acerca do óbvio parece tarefa hercúlea, quiçá impossível.

 

Era necessário que também eles tivessem outra percepção da educação.

publicado por Theosfera às 11:51

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro