O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010

Portugal está na situação em que se encontra por causa da classe política ou por causa dos cidadãos?

 

Salomonicamente, a resposta é imediata.

 

Porém, o ano que amanhã começa poderá ajudar a perceber um pouco mais a interacção entre estes dois pólos.

 

Conseguirá a classe política melhorar a vida dos cidadãos? E conseguirão os cidadãos ajudar a melhorar a qualidade da classe política?

 

A classe política é como é por causa dos cidadãos? Os cidadãos são como são por causa da classe política?

 

É certo que a classe política emerge da sociedade. Funciona, pois, como um seu espelho.

 

Mas também é verdade que a sociedade está muito condicionada pela classe política.

 

A crise actual deve-se muito à forma como o país tem sido conduzido.

 

E o pior é que se pressente uma anemia e uma espécie de torpor em todos os sectores da sociedade.

 

Há uma mudança preambular a incrementar: a mudança de mentalidades, de cultura, de ética.

 

Uma sociedade madura produzirá uma classe política diferente.

 

O panorama actual não é animador. Mas há caminhos. Não desistamos do país. Não abdiquemos de nós.

 

 

publicado por Theosfera às 11:58

De Theosfera a 31 de Dezembro de 2010 às 16:15
Concordo, bom Amigo, Fiquei também admirado com Fernando Nobre. Apesar de tudo, penso que tem uma trajectória irrepreensível. O que considero triste é que se parta do princípio de que é preciso enveredar pelo auto-elogio para triunfar. Penso que Fernando Nobre não é assim. Só que faltar à natureza nunca dá resultado. Um político não pode ser visto como um actor que representa um guião. Tem de ser autêntico sempre. Estes debates desencantaram-me completamente.
Tudo de bom, Amigo. Abraço no Senhor.


mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9


22



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro