O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 04 de Dezembro de 2010

As campanhas de solidariedade desta altura mostram como há um sentido do outro que não se apagou.

 

Não é tudo.

 

Estas campanhas não alteram as causas da crise. Mas ajudam a minorar muitas das suas consequências.

 

E, pelo menos, há dramas que, nem que seja por instantes, se tornam menos dramáticos.

 

Uma palavra de admiração a todos estes artífices da solidariedade e do desprendimento.

publicado por Theosfera às 14:39

De António a 4 de Dezembro de 2010 às 20:37
Minha querida mulher recebeu ontem a feliz notícia que não será uma das várias trabalhadoras que irá ser despedida da instituição onde trabalha.Porém, um terço das mesmas permanece ameaçada pelo drama do desemprego. Ela acabou por ficar legalmente protegida pela sua elevada dedicação, competência profissional e pela prevalência do critério da antiguidade. Disse-lhe, por várias vezes, mesmo nos momentos mais difíceis, que não iria ser despedida. O que reafirmei mesmo na altura em que a directora do estabelecimento em questão comunicou a todo o pessoal que ninguém seria protegido pela maior antiguidade no posto de trabalho. Eu sabia, porém, que o desemprego não a iria atingir. Foi Deus quem a protegeu, bem como aos restantes dois terços dos trabalhadores ? E que permitiu que o restante terço seja colocado no desemprego ? Não. Foram meras circunstâncias fortuitas que assim se conjugaram.Chegamos a um ponto em que nem as IPSS estão a salvo de cortes da Segurança Social. Nem mesmo aquelas instituições com largos anos de dedicação à causa dos mais nobres objectivos de solidariedade social, como foi e é o caso. Há dinheiro para tudo, para submarinos e BNPs, para reformas chorudas e balúrdios com auditorias externas, para os mais diversos compadrios políticos e obscenos tráficos de influência, para beneficiar escandalosamente a banca quanto às reduzidas taxas de IRC. Mas já não há dinheiro para apoiar as IPSS de relevantes serviços nacionais.Como sabia que ela não iria ser despedida ? Porque cada um de nós pode ter uma ligação directa com Deus e,embora não creia que Ele protege ou desprotege casuísticamente qualquer dos Seus filhos,é Omnisciente e tudo sabe quanto ao,de bom ou mau, nos acontece.No Mal entristece-se e sofre connosco. No Bem, alegra-se e rejubila...

De Theosfera a 4 de Dezembro de 2010 às 21:19
Perfeita reflexão, bom Amigo. Obrigado por tudo. Abraço amigo.

De Maria da Paz a 5 de Dezembro de 2010 às 00:16
Ex.mo Senhor:
Felicito o Casal por esta boa notícia!
Tenho imensa pena que o mesmo não aconteça às outras Senhoras.
Não sei onde vamos parar!
Precisamos de uma revolução que mude este estado de coisas.
Os meus cumprimentos.
Maria da Paz

De António a 5 de Dezembro de 2010 às 18:49
Estimada Maria da Paz:

Muito grato e sensibilizado pela sua palavra amiga...


mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9


22



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro