O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 30 de Novembro de 2010

Por natureza (e sucessivos ensaios de definição), a escola é o espaço da abrangência.

 

Não se pede à escola que seja exaustiva. Mas exige-se-lhe que procure ser universal.

 

Daí até o facto de a escola superior ter o nome de universidade.

 

Não podendo tocar em todos os saberes, ela procura oferecer, pelo menos, o essencial de todos os conhecimentos.

 

É por tudo isto que a escola se torna um repositório da ciência e um laboratório de valores.

 

Na escola se aprende o conhecimento e a sabedoria.

 

Vicissitudes múltiplas e imprevistos vários, porém, estão a converter a escola no lugar da especialidade.

 

Formam-se peritos em várias áreas, mas está a esbater-se, cada vez mais, a percepção do universal.

 

Encontramos óptimos técnicos, mas deixamos de encontrar muitos sábios, embora estes ainda apareçam.

 

A cultura de Zubiri era tal que foi denominado especialista do universal.

 

A preocupação pela especialidade pode transformar a escola no espaço do esquecimento. E, como lembra Ellie Wiesel, esquecer acaba por ser rejeitar.

 

Uma das últimas obras de Tony Judt, precocemente falecido este ano, fala-nos do século XX esquecido. E por lá desfilam nomes que, em tempos, nos soavam a familiares.

 

Mas, hoje em dia, quem sabe quem foram Primo Levi, Arthur Koestler, Manes Sperber ou até Hannah Arendt?

 

Já nem Descartes, pelos vistos, é conhecido. Ainda ontem, um popular concurso televisivo patenteava esta lacuna. Kant era descrito como um especialista em economia.

 

O problema é que este esquecimento alastra. A vida está povoada de esquecimentos e cravada de esquecidos...

publicado por Theosfera às 12:01

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro