O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 29 de Novembro de 2010

O capítulo sexto de S. João é uma lição de pastoral e de vivência cristã que jamais deveríamos pôr de lado. Começa em clima de festa (fome saciada) e termina em ambiente de drama.

 

A reacção dos interlocutores de Jesus vai evoluindo (ou regredindo, pensando bem): inicialmente, existe aclamação; depois, assiste-se à discussão; de seguida, surge a contestação; finalmente, aparece a rejeição.

 

 O mais curioso é que, diante da oposição, o mais natural é que Jesus recuasse para não perder adeptos. Mas não. Aos próprios discípulos mais chegados faz uma pergunta que soa a provocação: também vós quereis ir embora?

 

 Ou seja, Jesus, que vinha para todos, não Se importa de ficar só. O que Ele não troca é o número pelas convicções.

 

 Será que, vinte séculos depois, aprendemos a lição? A cabeça é que comanda o resto do corpo. Não é o resto do corpo que comanda a cabeça.

 

 Em muitas circunstâncias, a reacção dos judeus teria levado Jesus a recuar, quiçá a mudar de opinião.

 

 Mas Jesus veio oferecer-nos a verdade. Ele é a verdade. Acabou na Cruz, é certo. Mas voltou, revigorado, do sepulcro.

 

Nunca o esqueçamos.

publicado por Theosfera às 10:07

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro