O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 04 de Novembro de 2009

O que faz o êxito de Marcelo é que diz de forma brilhante aquilo de que toda a gente gosta.

 

Querer ser candidato de unidade é uma coisa que cai bem no povo, mas Marcelo Rebelo de Sousa é o primeiro a saber que essa unidade não passa de uma miragem.

 

Mesmo que os outros candidatos desistissem, é sabido que, no fundo, as facções persistem.

 

O que é preciso é ter uma vontade, um desígnio.

 

Marcelo está a mostrar-se muito hesitante. Como actor político mostra-se quase a antítese do que é como comentador.

 

Se não fossem as facções, como é que se poderia falar de unidade?

publicado por Theosfera às 11:39

De António a 4 de Novembro de 2009 às 13:37
Toda a razão,meu bom Amigo nesta análise. Marcelo, que é um homem indiscutivelmente muito inteligente, está a mostrar a sua outra face. A de homem que só quer ir a eleições pela certa. Neste aspecto é a antítese de Pedro Santana Lopes,o qual, politicamente, não aprecio, embora o ache uma pessoa simpática. Este,porém, tem a coragem do confronto de ideias e de projectos. Marcelo está a desiludir, ao fugir claramente ao momento decisivo de alguém que quer ser líder: ir à arena para ganhar ou perder...


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro