O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 03 de Novembro de 2009

 

Há, entretanto, uma segunda possibilidade: a opção do homem por Deus é sincera, mas a identificação com Ele ainda não é total. Necessitando, por isso, de um amadurecimento. Que elimine os últimos focos de resistência. Até que tudo no homem tenha o sabor da vida divina.
 
Este amadurecimento purificador tem na Teologia o nome de purgatório.
 
A menção do fogo, neste contexto, decorre das virtualidades que, aos olhos do homem, ele encerra. Sempre, com efeito, o fogo foi visto como sinónimo de acrisolamento do que é precioso. Trata-se, portanto, de uma situação marcada pela exultação e pela felicidade.
 
Sta. Catarina de Génova defendia mesmo que a seguir à felicidade do céu não há felicidade maior que a do purgatório. Pois é a felicidade de quem se entrevê no limiar da plenitude. E de quem tem a certeza de que essa plenitude está eminente. Para ser gozosamente fruída para todo o sempre.
publicado por Theosfera às 06:06

De António a 3 de Novembro de 2009 às 08:51
Céu, Inferno e Purgatório só os admito como estados de alma ou de consciência.Das realidades metafísicas é difícil falar com palavras apropriadas. Por isso, as palavras metafóricas acabam por ser as mais adequadas...


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro